Comentando: WITCH mangá

Eu já tinha comentado sobre a revista WITCH tem um tempo aí, e decidi voltar ao assunto agora que comprei o que seria “oficialmente” a versão mangá delas. Sei que é estranho dizer isso, já que ela tinha chupinhado o traço misturado com algumas coisas de HQ americana, mas nesse caso, é um mangá com…

Comentando: Cinderalla

Já fazia um tempo considerável que eu tinha ouvido falar sobre Junko Mizuno pela primeira vez. Aparentemente é um nome famoso na cultura pop, que já teve produtos inspirados em seus desenhos que misturam coisas fofinhas e bizarras e até mesmo nojentas em alguns casos. Não tenho certeza, mas parece que uma das suas (poucas?)…

WITCH e sua morte necessária

Em 2002, a editora Abril começou a lançar uma revista originalmente italiana voltada para o público pré-adolescente chamada WITCH, sendo a Disney detentora dos direitos autorais. Eu tinha uns 9 anos na época e minha irmã, 10 ou 11. Uma amiga do bairro mostrou uma das primeiras edições para nós, e aí começamos a colecioná-la…

Comentando: Ark Angels

Antes, o primeiro trabalho da Sang Sun Park que comentei foi Tarot Cafe. Então aproveitei para reler Ark Angels e mencioná-lo aqui também. A história é a seguinte: O planeta Terra em que vivemos está diretamente conectado com a Terra de outras dimensões, então se o planeta é destruído, os demais sofrem as consequências. Dessa…

Comentando: Tarot Cafe

Sang Sun Park. É a autora desse ótimo manhwa (mangá coreano) que comento a seguir. Aproveitando que acabei de reler tudo, decidi contar um pouco da história aqui (contém alguns spoilers). Pamela, a protagonista, é cartomante e dona de uma cafeteria em Londres. Ela atende pessoas comuns durante o dia e fregueses especiais à noite,…