Comentando: Superbrothers – Sword & Sworcery EP

COMO NÃO AMAR?

Com a chegada de promoções absurdas de indies que tentam deixar sua conta bancária vazia, acabei me interessando pela quinta edição do Humble Indie Bundle (que ainda dá tempo de comprar, aliás). Criado pela Superbrothers, Sword & Sworecy não tinha me interessado taaaaanto assim a princípio, apesar de ter ouvido um punhado de elogios sobre ele por aí.

Em relação a história, eu adoraria contar pra vocês se soubesse do que se trata. Digo isso mais pela minha limitação de entender ingreis e falta de paciência para (tentar) ler todos os diálogos, e mesmo o pouco que acompanhei até agora não faz sentido algum! Por exemplo, na transição sonho-realidade que você precisa fazer em certos momentos, isso é feito por um disco de vinil ao ser invertido. Sério.

Bem, o jogo possui uma garota como protagonista, munida de espada e escudo. No começo, uma de suas tarefas é em “libertar” uns bichos azuis meio cabeçudinhos através de puzzles e exploração do cenário. O que mais me incomodou nele foi de não ser tão intuitivo quanto eu gostaria – não apenas nesse aspecto, mas também pela jogabilidade. Lançado originalmente para iOS, mesmo a versão pra PC possui as mesmíssimas características de comando por toque: dois cliques, arrastar, manter pressionado, etc. O uso do WASD/setas se limita em mudar a posição da câmera pelo cenário. Aí entendi porque não tem como mudar os controles nas opções.

Apesar desses detalhes, o que mais me chamou a atenção foi o belíssimo pixel art aplicado, com uma paleta de cores excelente. A trilha sonora é muito bonita também, felizmente sem apelar para aquela nostalgia de músicas em 8 ou 16 bits. Não que eu não goste de músicas assim, mas a qualidade instrumental é tão boa que provavelmente perderia a graça se as músicas fossem feitas para acompanhar a aparência pixelada. Destaque também para os efeitos sonoros que surgiam quando você clicava em algo no cenário – água, arbustos, ovelhas. Tudo bem harmonioso e agradável.

Um detalhe curioso é que, quando finalmente consegui chegar na sessão 3 (pois o jogo é dividido em quatro sessões), não conseguia fazer nada porque, em relação a hoje, preciso esperar 10 dias para termos lua nova. Sim, ainda não pude terminar o jogo por isso. Claro, você pode mudar o dia e hora do seu PC caso não queira esperar – tanto que além do próprio jogo te contar isso ao falar com NPC’s, basta olhar na lista de achievements do Steam e vai ter um que você ganha quando joga no dia correto e outro quando você muda o relógio XDDDD (e pelo que o André Campos falou, essa parada de lua nova não existe na versão iOS).

Até agora estou gostando muito do jogo e, por isso, recomendo pra quem quiser aproveitar o Indie Bundle. Possivelmente atualizarei o post quando finalizá-lo.

Update: Após sete horas de jogatina para terminá-lo, posso dizer que o jogo é muito foda e que foi um tempo muito bem gasto! O final me decepcionou um pouco, mas fora isso, valeu muito a pena. E assim como foi dito nos comentários, não é necessário esperar nem usar cheat pra poder finalizá-lo.

(diga-se de passagem, ainda não entendi qual era a intenção do disco de vinil que apareceu algumas vezes de maneiras meio aleatórias.  Ah e, dá pra matar os coelhos do jogo, sabia?)

Anúncios

10 comentários sobre “Comentando: Superbrothers – Sword & Sworcery EP

      • Puxa, que pena. Amnesia é o melhor simulador de pesadelo jamais feito. Muito mais apavorante que Dead Space por sinal (o Issac ao menos é macho pacas e tem umas armas boladonas pra se defender, enquanto o Daniel do amnesia morre de medo do escuro XD)

      • Puxa que pena. Amnesia é o melhor survivor horror da década! É até injusto comparar com Dead Space pq ao contrário do Issac que é macho pacas e tem umas armas boladas pra se defender, o Daniel, protagonista do Amnesia morre de medo do escuro^^ Procura alguém pra acompanhar a jogatina que o medo diminui e depois que se acostuma com a mecânica o jogo não assusta tanto assim.

        • Sim, eu sei, mas ambos são de terror =P só de ver gameplays/relatos de quem jogou tanto um quanto o outro já me dão motivo suficiente pra evitá-los.
          E bem, eu não tenho ninguém pra ficar do meu lado fisicamente durante o jogo =p

  1. Olá. Acabei de conhecer seu blog vindo ceguinho na promoção graças a divulgação da Bebs no Facebook e me deparei com suas impressões sobre esse jogo que adoro!
    A narrativa dele é bem diferente mesmo mas o enredo é muito legal, cheio de referências a games como Zelda, Shadows of the colossus (no final principalmente) e metalinguagem.
    Tbm fiquei bolado com o lance de ter de esperar pela lua cheia e pela lua nova (dark moon) pra avançar no jogo mas tem outro jeito de conseguir mudar a fase da lua no game sem apelar para o cheat de mudar a data no windows (que dá um achievement traiçoeiro).

    Não é possível fazer o truque se você não tiver pego primeiro o pedaço da “triforce” da dark moon, pois os eventos que ela desencadeia impedem que um certo personagem apareça na trama. Como o HB V foi lançado em dias de Lua cheia, creio que não é o caso.

    Funciona assim: tem um personagem que aparece no mundo B (dream) em dias que não sejam de lua cheia ou lua nova. Basta entrar lá que o verá logo (é a cara do pedobear^^) ai precisa segui-lo e derrota-lo, mas não deve mata-lo quando o jogo perguntar. Dai ele foge e te deixa uma chave que serve pra abrir a sala do “Moon Groto” onde a garota pode alterar a fase da lua ao seu bem querer por uma seção. Essa sala fica escondida na parte inferior da 2ª tela após a que tem uma ponte de tronco no mundo A.Fazendo assim, da pra terminar o jogo sem ter de esperar as fases da lua e o jogo não encara como cheat.^^

    • aaaaaaah, eu enfrentei esse urso bizarrão, mas só apanhei durante a luta DDD8< acho que vou ter que caçar gameplay pra descobrir de como derrotá-lo sem morrer antes, ugh…

      bem, valeu pelas dicas! depois que tinha libertado os cincos cabeçudinhos no sonho não sabia mais o que fazer XDDDD

      • Eu tbm apanhei dele algumas vezes antes de decorar o padrão de ataque. Ele é um pouquinho mais complicado que os inimigos normais pq muda de ataque umas 3 vezes.Mas na verdade não é tão difícil quanto parece.

        Fico feliz em ter ajudado. Usando a Moon groto dá pra terminar o jogo rapidinho, é só mudar pra dark moon de uma vez e partir a caça da “triforce” hehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s