Fazendo gameplay comentado

Pra tudo tem uma primeira vez, não é?

Pois bem, fazia um bom tempo que queria fazer vídeos enquanto jogava e falava, mas na primeira vez que tentei usando o Fraps jogando Beat Hazard, não tinha dado muito certo. Foi só agora que descobri que mesmo com as limitações do hardware, dá pra fazer alguma coisa. Por isso, por ora acho que só poderei gravar esses antigões/coisas bem levinhas até ficar RYCAH e comprar uma placa de vídeo nova.

Apreciem (de novo) minha voz irritante. Se gostaram, se inscrevam no canal (principalmente porque não pretendo escrever posts futuros para avisar que tem vídeo novo =P)! E se quiserem recomendar mais jogos, fiquem à vontade. Estava pensando em gravar The Longest Journey, também.

Anúncios

7 comentários sobre “Fazendo gameplay comentado

  1. Aêêê, “meninão”! Hehe…
    A voz grave da mestra… A idéia do tal gameplay comentado foi boa mesmo. Eu cheguei a assistir uns oito minutos do vídeo, e deu pra ver como esse Beyond Good & Evil é bacaninha. Penso em descolar uma cópia pra mim… Mas hein, bem que você podia ter falado mais no vídeo! Certamente ficaria mais divertido de ouvir. XD

    Bom trabalho com os próximos gameplays!

      • Looooooadings meeentaaais…
        Acabei de conferir uma pequena parte do novo vídeo. Putz, Portal é um game de puzzle, me lembrou um que baixei no Steam pra jogar por tempo limitado. Esse tipo de game me dá ânsia… Mas foi legal ouvir as risadas da mestra. XB

        Bom, acredito que você ainda pode gravar uns gameplays bem legais. E até poderia fazer vídeo-análises de jogos também! Só que seria bom ensaiar um pouco antes de cada gravação, tanto a jogada quanto os comentários. Talvez fosse até mais fácil e efetivo jogar o game e comentar depois por cima do vídeo. Enfim… Sugestões minhas.

        Vou ficar de olho na sua página lá pelo Youtube!

        • ânsia? fraco u_u

          Bem, quem quem faça isso de gravar e depois comentar, embora acho que esse formato não sirva pra mim. A parte mais complicada pra mim é ter desenvoltura e dicção o suficiente.
          Bom, tentaí! Suponho que já tenha conseguido um mic pra falar, pelo visto. Daí caso faça, me avise!

          • É, ânsia no sentido de me deixar intrigado, já que não curto muito quebra-cabeças escabrosos em games.

            Mas, hein? Eu não disse nada eu mesmo gravar um gameplay ou algo do tipo. Se eu tivesse mais privacidade aqui em casa, até poderia tentar. Do contrário, todo mundo acharia bizarro me ouvir falando sozinho na frente do PC. Quem sabe algum dia…

            • qualé, os puzzles do portal 2 não são tão difíceis em comparação com o primeiro (tanto que usei walkthrough pra poder zerá-lo e tô nem ae, aquela porra é beeeeeeeem tensa)

              ah, é mesmo XD li tão rápido que tinha entendido “eu até poderia fazer vídeo-análises…”, hauahauhauah
              Por ora prefiro ‘praticar’ com o formato atual, pode ser que eu mude ou deixe mais diversificado que agora à medida que ganho experiência e, quem sabe, aprenda a fazer aquelas vinhetas e edições jovem nerd-like =P

              (ah sim, eu também aproveito que minha mãe tem viajado com frequência e aproveito o silêncio pra tagarelar)

              • Ah, Portal… No máximo encaro um Puzzle Fighter. Falar nisso, acabei de baixar um piratão do Rayman Origins que está rodando 100% sem crack. Sei que a pirataria é sacanagem, mas o original tá caaaro…

                Iuhuu, vinhetas na voz da mestra Fantoni, pura çedussaum! XP
                Você certamente vai obter bons resultados se continuar insistindo. Eu apóio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s