Sobre preconceito, mulheres e games

Eu já tinha vontade de falar sobre isso há um tempo, mas depois de ver algumas coisas sendo divulgadas em massa há poucos dias, acredito que essa seja uma boa hora para me manifestar.

Inicialmente, temos um vídeo no ar desde maio do ano passado de uma menina que questiona os tipos de brinquedos vendidos para garotas e garotos. Tem a versão legendada, também:
Não é necessário pensar muito para concordar que existe uma forte padronização de gêneros (sendo puramente uma construção social) não só nas cores que garotas e garotos devem aprender a gostar e repudiar, como também as suas funções. Há um post bem interessante sobre isso: O código rosa.

Outro vídeo, sendo o foco desse post, é sobre um manifesto de várias garotas gamers:
De um modo geral, essas garotas conseguem resumir em menos de três minutos o que costuma acontecer na maioria das vezes quando uma mulher se encontra com jogadores homens. Ou você é desprezada, ou ganha presentes e vantagens. Digo isso não só por experiência própria, como também baseando-se em outros depoimentos que tive oportunidade de ler. E se você entende bem inglês, dê uma olhada nesse tumblr: Fat, Ugly or Slutty.

Convenhamos, o assunto é espinhoso pra muita gente. Não é à toa que o vídeo recebeu tantos negativos (além de inúmeros comentários banhados em machismo e misoginia). Aliás, é raro ver blogs sobre jogos e coisas nerds em geral, mesmo aqueles criados por mulheres, falarem qualquer coisa sobre desigualdade de gênero. E não me refiro somente às mulheres gamers, como também às personagens dos jogos.

Blogs que são focados em identificar e discutir o machismo, homofobia e racismo nos jogos, então, praticamente não existem. Sinto uma falta enorme desse tipo de conteúdo. Por isso, gostaria de participar desses debates sempre que possível e fazer minha parte usando o blog. Se você conhece textos de opinião sobre preconceito nos games, por favor me avise.

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre preconceito, mulheres e games

  1. Pingback: Mirror’s Edge e o estereótipo de beleza « Colchões do Pântano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s