Pintura em grayscale x ‘comum’

À esquerda, uma pintura que eu fiz usando grayscale, e outra feita normalmente à direita.

Provavelmente a maioria de quem já visitou o blog não saiba que eu desenho e pinto. Pois bem, como a regra são assuntos aleatórios, decidi que seria interessante falar sobre desenho e pintura aqui de vez em quando.

Pra quem não sabe, grayscale é uma técnica usada para, primeiro, fazer seu desenho usando jogo de luz e sombra somente com tons cinzas. Depois que ele é devidamente “modelado” e detalhado, é aplicada uma camada em separado para aplicar as cores, mantendo o nível de tonalidade. No meu caso, que uso um programa chamado Paint Tool SAI, o melhor modo de mesclagem da camada chama-se overlay.

Para ser franca, não sei o quanto artistas, sejam amadores ou profissionais, usam greyscale. Só conheço alguns. Se você procurar por speedpaints ou similares, provavelmente verá que muitos já partem pra pintura “comum”, em que você define os contrastes à medida que vai colorindo diretamente. Mas caso você queira um pequeno exemplo, o artista brasileiro Dudu Torres fez alguns passo-a-passos de fanarts de Zelda em seu blog. Todos os três começaram em tons de cinza, e essa técnica é, sem dúvida, uma ótima forma para facilitar pra quem tem dificuldade em criar bons contrastes usando só as cores (meu caso). Se você prestar atenção no fanart da Zelda que eu fiz logo acima, verá que as sombras não são muito escuras e a franja não está bem definida.

Pra mim, a maior vantagem do grayscale é maior controle no uso de cores, pois se você usa diretamente uma cor numa imagem que não agradou, dependendo da maneira que você fez (usando poucas ou só uma camada), pode ser mais difícil alterá-la depois. Sem falar que o contraste pode ser modificado ao usar um filtro automático, complicando ainda mais. Por isso, sugiro que experimentem começar do preto e branco. Tome cuidado ao fazer a camada colorida, para não deixar pedaços sem pintar ou ultrapassando as bordas da pintura.

Update: Demorou, mas finalmente fiz um tutorial em passo-a-passo não só para explicar um pouco do meu método para pintar grayscale, como também em como eu começo e refino retratos realistas.

CLICAE na imagem para acessar o tutorial completo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s